A lipoabdominoplastia tem as mesmas indicações da abdominoplastia clássica ou miniabdominoplastia. Entretanto, quando ocorre um acúmulo importante de gordura no abdômen, se faz necessário associar a lipoaspiração. Nestes casos, para que a cirurgia seja segura, recomenda-se reduzir a área de descolamento e traumatizar o mínimo possível os tecidos tratados. Somente dessa forma é possível realizar uma lipoaspiração nas laterais e no mesmo ato cirúrgico retirar os excessos de pele e gordura do andar inferior do abdome. Para isto, utiliza-se instrumental adequado, e com o auxílio da fibra ótica é possível realizar um túnel através do qual se faz a plicatura dos músculos retos abdominais no andar superior do abdome e se trata o andar inferior sem grandes riscos de complicações.