CRUROPLASTIA-bhCIRURGIA DAS COXAS – Dermolipectomia Crural

A face interna das coxas é uma região onde frequentemente acumulam-se gordura e pele em excesso. Este fato ocorre por hábitos inadequados de vida como o ganho e a perda de peso em curtos espaços de tempo ou simplesmente com o passar da idade, pela perda de colágeno e capacidade de sustentação da pele desta região.

Como moramos em um país tropical, com atividades esportivas e de laser realizadas frequentemente ao ar livre, alterações de relevo neste local são freqüentes causas de desconforto estético, principalmente para as mulheres, que sofrem também a ação de hormônios que fazem com que a gordura se acumule nesta região. A cirurgia plástica dispõe de técnicas cirúrgicas que cuidadosamente indicadas, podem melhora o aspecto estético e o contorno desta região.

Quando ocorre somente excesso de gordura na região e a paciente tem uma pele com uma boa capacidade de retração, somente a lipoaspiração pode melhorar o contorno corporal. Nos casos em que se observa, além do excesso de gordura, um excesso de pele e flacidez concomitantes, se fazem necessárias incisões para que se retire tal excesso. Essas, quando necessárias, são posicionadas nas pregas cutâneas da região, para ficarem disfarçadas no pós-operatório tardio. Geralmente têm tamanhos variados e são localizadas no sulco da virilha. A cirurgia consiste em se retirar o excesso de pele presente e realizar suturas (pontos) tecnicamente planejados e estudados, para se minimizar ao máximo o alargamento cicatricial. Esse, infelizmente, mesmo diante de uma perfeita técnica cirúrgica, tende a ocorrer uma vez que as pernas estão constantemente sendo utilizadas para a locomoção, movimento que tenciona e alarga a cicatriz com o tempo. De qualquer forma, essa cirurgia deve ser indicada com extremo cuidado, pois as cicatrizes resultantes nem sempre compensam a melhora obtida em termos de contorno. Apesar disso, o número de pacientes satisfeitos após esta cirurgia tem aumentado significativamente ao longo dos anos.

Dúvidas Frequentes

  • Qual o tipo de anestesia é utilizada?

Anestesia local com sedação ou anestesia peridural.

  • Precisarei permanecer em repouso por quanto tempo após a cirurgia?

Pacientes submetidos ao lifting crural devem permanecer em repouso absoluto por 5-7 dias, evitando afastar as pernas em demasia. A higiene local deve ser extremamente cuidadosa durante este período para evitar infecções nas incisões. As caminhadas devem ser restritas ao máximo durante o primeiro mês para permitir a cicatrização dos tecidos sem alargamento das cicatrizes.

  • O uso de cinta cirúrgica é recomendado?

Assim como na lipoaspiração, recomendamos a utilização de cintas apropriadas durante as primeiras 4-6 semanas, visando acelerar a reabsorção do inchaço e a contenção da cicatriz no local onde dever permanecer.

  • Quanto tempo depois os pontos são retirados?

Os pontos costumam ser removidos após 14-21 dias.

  • Poderei realizar esportes após a cirurgia?

As atividades físicas com intenso trabalho de pernas podem ser retomadas após cerca de 3 meses.

  • Pré-operatório:
  • Não use os MEDICAMENTOS PROIBIDOS 10 dias antes da cirurgia (impresso entregue pessoalmente durante a consulta médica).
  • Suspenda todo e qualquer medicamento para emagrecer e diuréticos que eventualmente estiver tomando, aproximadamente 15 dias antes do ato cirúrgico.
  • Comunique-se com seu médico antes da cirurgia em caso de gripe ou outra condição que comprometa o seu estado de saúde.
  • Interne-se no hospital indicado pelo menos 30 minutos antes da hora marcada para sua cirurgia. Se sua cirurgia estiver marcada para as 07h30min, chegue ao hospital as 07h.
  • O período de jejum deve ser de 8 horas. No caso de cirurgia marcada para as 07h30min, o jejum deverá ter início às 23h30min da véspera. Se a cirurgia estiver marcada para as 13h30min, o jejum deverá ter início às 06h30min do mesmo dia, sendo permitido um café da manhã normal antes das 06h30min. Nem mesmo água é permitida durante o período de jejum.
  • Evite bebidas alcoólicas ou refeições muito “pesadas” na véspera da cirurgia.
  • Tome o seu banho antes de ir para o hospital ou para a clínica com o sabonete especificado na consulta médica. Recomenda-se fortemente usá-lo por uma semana antes da cirurgia em todo o corpo. Especificamente para o sexo feminino, não usar maquiagem, cremes corporais ou esmaltes de unha escuros no dia da cirurgia. Após a cirurgia as maquiagens são permitidas, a menos que se operem regiões da face.
  • Levar óculos escuros para o hospital ou clínica no dia da cirurgia, caso for submetida (o) a cirurgia de face.
  • Para o dia da alta, usar roupas que, para vesti-las, não necessitem passar pela cabeça (por exemplo, evitar as camisetas).
  • Levar para o hospital ou clínica todos os seus exames pré-operatórios. Em casos específicos, levar também as cintas, sutiãs, vestimenta adequada.
  • Tome os medicamentos prescritos para antes da cirurgia (caso tenha sido prescrito algum) e providencie aqueles prescritos para uso após a alta hospitalar.
  • Não se acanhe em ligar para o seu médico em caso de dúvidas. Não se preocupe com horários, fins de semana ou feriados. Caso não o encontre por qualquer motivo, um cirurgião da equipe estará sempre disponível para as informações necessárias. Sinta-se protegida (o).
  • Pós-operatório:
  • O primeiro curativo será feito no retorno ao consultório médico, geralmente um dia após a cirurgia (marcada previamente).
  • Após este primeiro curativo, você será devidamente orientado acerca dos curativos e banhos seguintes.
  • Como regra geral, é importante lavar todos os dias, as regiões dos cortes, com o sabonete prescrito, com o auxilio de uma gaze, deixando a água do chuveiro cair com abundância, após deixar a espuma agindo por cerca de 10 min. Massageie levemente com a gaze com cuidado para que os pontos não se soltem.
  • Após o banho, proceda com o curativo conforme lhe foi ensinado.
  • Use a malha cirúrgica que deve estar bem justa, no intuito de segurar a cicatriz e comprimir os retalhos para que haja melhor aderência aos planos mais profundos.
  • Evite exercitar-se na academia por dois meses e depois retome a atividade física paulatinamente, sempre com o cuidado de não tencionar demais as cicatrizes. O dia exato em que estará liberado para tais atividades lhe será informado pelo médico e dependerá de sua evolução pós-operatória e de características de sua cirurgia.
  • Siga corretamente a prescrição médica com atenção especial ao horário de ingestão dos antibióticos.
  • É importante o repouso relativo com as pernas, mas não absoluto. É altamente recomendável andar pela casa e arredores, evitando permanecer no leito, o que aumenta o risco de trombose venosa.
  • Fique afastada (o) dos afazeres domésticos mais pesados por pelo menos 30 dias.
  • Qualquer esporte com bola (vôlei, basquete, futebol, sinuca, squash, boliche, pingue-pongue, tênis, etc) está proibido por 03 meses.
  • Ir à piscina ou à praia está permitido após 30 dias desde que se use óculos escuros, bonés ou chapéus de aba larga, da cor preta, que cubram totalmente as pálpebras e evite a exposição ao sol. O uso de protetor solar FPS 30 também está indicado.
  • Ir ao consultório como solicitado, para avaliação da  evolução da cirurgia. Os pontos serão retirados após 5 a 10 dias  de pós-operatório.
  • Retorne ao consultório médico na data marcada para dar início às medidas propostas para o seu pós-operatório.
  • Não se acanhe em ligar para o seu médico em caso de dúvidas. Não se preocupe com horários, fins de semana ou feriados. Caso não o encontre por qualquer motivo, um cirurgião da equipe estará sempre disponível para as informações necessárias. Sinta-se protegida (o).
  • Para maiores informações, ligue (31) 8493 2172 ou envie um e-mail: contato@patricialeite.com