Sou mãe e tenho prótese mamária, subglandular, 280 ml, incisão periareolar inferior.

Na época em que fui submetida à cirurgia, o cirurgião não entrou em detalhes sobre a melhor incisão, a amamentação futura, etc. Eu nem era cirurgiã plástica e não imaginava o que passaria no futuro.

Eu adorei o resultado, amo meu cirurgião até hoje, mas a escolha do local da incisão foi errada, com certeza. A incisão periareolar tem várias desvantagens em minha opinião:

🍼1- Fica na transição entre dois tecidos muito diferentes: a pele da mama, e a pele peculiar da aréola. Isto, teoricamente, disfarçaria a cicatriz, mas na prática, a evidencia ainda mais, pelas características anátomo-fisiológicas dos 2 tecidos e dificuldades na cicatrização, na maioria das vezes.

🍼2- Fica em um local anatômico importantíssimo para a drenagem do leite, na ocasião de uma futura amamentação – toda cicatriz é essencialmente um tecido fibrótico, rígido, rico em colágeno desorganizado e que, literalmente, impede ou dificulta muito o escoamento do leite, que vem dos ductos para as ampolas areolares e daí para sua saída no mamilo.

🍼3- Prejudica a sensibilidade, uma vez que a aréola é extremamente inervada e essa inervação tem um papel importante também na sexualidade da mulher.

🍼4- Alterações de cor são muito comuns na região: a cicatriz pode ficar escura ou branca (maioria)

🍼5- A cicatriz fica muito visível, uma vez que as aréolas são o ponto central e o centro visual da mama.

A importância da amamentação é inquestionável. Farei um post sobre isso. Mas neste post, queria enfatizar a importância de se preservar a anatomia mamária até que se tenha filhos… É o maior amor do mundo, e a função da mãe, alimentar seu filho, é uma das primeiras tarefas divinamente confiadas a nós, por Deus.

As dores durante o processo ocorrem mesmo e ficarão mais graves se os ductos estiverem “entupidos” pela fibrose cicatricial. Suas glândulas não deixarão de produzir leite e não tiver como ele ser drenado, as chances de “empedramento” e mastite serão enormes. E você, além da dor física, sentirá a dor emocional.